ROBÔ GIGANTE


Zebraman – Deu zebra no cinema japonês by nagado
novembro 24, 2008, 3:50 pm
Filed under: Nagado | Tags: ,

zebraman_wallpaper1

No mundo dos super-heróis, uma infinidade de animais já serviu de inspiração para os mais variados tipos de guerreiros e vigilantes uniformizados. Morcegos, aranhas, panteras, aves de rapina e outras criaturas já deram origem a heróis marcantes, sempre ressaltando aspectos de força, agressividade, mistério ou imponência. Com tudo isso, alguém imaginaria um herói inspirado numa… zebra? No Japão, sim, pois Zebraman – acredite se quiser – foi o título de um longa de tokusatsu lançado nos cinemas japoneses em 2004.

A CRÍTICA

A trama de Zebraman apresenta um frustrado professor chamado Ichikawa (vivido pelo ator Sho Aikawa), que vive com uma família desagregada na turbulenta Tóquio do ano 2010. Sua esposa o ignora, a filha faz programa e o filho caçula tem vergonha dele. Para fugir de tudo isso, ele se refugia em seu herói de infância, cuja série de TV fora cancelada há vários anos sem explicação. Fantasiado de Zebraman, herói de um seriado do qual ele era fã, o professor brinca como criança. Até que conhece um aluno paraplégico que também é fã do herói e resolve mostrar sua fantasia a ele, saindo fantasiado no meio da noite. Ele presencia um crime e sua carreira como super-herói de verdade começa de um jeito que nem ele entende direito.

O menino é filho de uma bela enfermeira viúva, interpretada por Kyoka Suzuki, que rouba a cena com sua ternura e discreta beleza. E o novo Zebraman vai demonstrando cada vez mais força e poderes reais, tentando salvar as pessoas da cidade, ameaçadas por estranhos acontecimentos envolvendo aliens malignos que dominam corpos e mentes e almejam conquistar a Terra. A produção é boa e chega ao ponto de mostrar cenas do seriado fictício do tal Zebraman, com música-tema (cantada por Ichirou Mizuki) e tudo o mais. Em cenas rápidas, aparece o veterano dos seriados japoneses, Hiroshi Watari, na pele do herói televisivo. No Anime Friends 2003, Watari anunciou orgulhoso que iria viver o herói principal do filme, que seria filmado assim que ele retornasse ao Japão. Acho que ele próprio deve ter ficado meio decepcionado com a participação-relâmpago que acabou tendo.

Sho Aikawa está perfeito como o professor que vira herói e se torna tanto mais responsável com seus poderes quanto fica mais infantil. Com uma premissa interessante e grandes talentos envolvidos, tinha tudo para ser um grande e divertido filme, o que não aconteceu.

O problema de Zebraman são os furos no roteiro. Coisas mal explicadas, situações que não são concluídas e furos e mais furos. Um bebê que nasce verde e não se mostra o que houve depois, uma turma de crianças dominadas pelo aliens fazendo arruaças e que não aparece ou se menciona o que acontece com elas e por aí vai, fora os poderes do herói, que nem explicação mágica ou forçada têm. Eles aparecem e pronto. Há também um monte de situações mal exploradas, como a tênue atração entre a jovem viúva e o professor, que se infantiliza cada vez mais em seu papel heróico. Ele assume a criança sonhadora que existe dentro de cada um de nós e joga isso para o mundo real, seguindo os passos de seu herói de infância com superpoderes reais.

Seria o filme uma homenagem, uma sátira ou uma grande tiração de onda do diretor e do roteirista em cima de todo mundo? Difícil saber. No final, ficam algumas boas intenções, algumas cenas interessantes, um herói com visual bacana. E só.

Não sei se o filme ainda será lançado (oficialmente) por aqui, mas não será uma grande perda se não for.


6 Comentários so far
Deixe um comentário

Já tinha lido algo deste Zebraman a um tempo atrás mas caiu no meu esquecimento.
No geral apostaria que seria uma grande sátira do diretor e roterista de todo este Mundo POP Hero. Os caras idealizam tanta coisa que em momentos parece mais repetições.

Comentário por Robinson Oliveira

Caraca… COMO ASSIM Zebraman

auhuahauhauhauhauhuahhauauhauhauha
Só send japa para fazer uma coisa dessas.

Deve ser engraçado. O melhor de tudo é que a produção é apenas de 4 anos atrás xD

Abração Nagado e Cruz ^^v

Comentário por Stenio Barros

E pensar que a minha intenção era assistir esse filme no cinema, na época. Só não fui ver por não ter tido companhia. Tinha ficado curioso justamente pela participação do Hiroshi Watari. Assisti apenas um pedaço do filme, quando foi exibido ano passado pela TBS. Realmente não é lá grande coisa.

Comentário por Michel Matsuda

Como diz um velho ditado: “De boas intenções o Inferno está cheio!”. Esse filme foi um desses casos. Poderia ter sido uma delícia, mas no meio começou a se levar a sério. Agora, a ponta do Hiroshi Watari aparentemente demorou pra ser filmada, pois ele aparecia simulando o que seriam diversas cenas da série fictícia do Zebraman original. No filme, rápidos flashes, o que deve ter sido mesmo uma frustração para o ator.

Comentário por Nagado

Pior que eu adorei Zebraman, principalmente a atuação hilária do Hiroshi Watari, heheheh… É realmente uma pena ele quase não aparecer direito, mas, tudo bem! ^^”

Comentário por DJ Yatta

Confesso que esse filme só me chamou a atenção pela presença do Watari… saber que a sua participação foi pequena só faz diminuir ainda mais meu interesse.

Só por curiosidade, Zebraman foi lançado oficialmente nos EUA, no início deste ano.

Comentário por Ricardo Cerdeira




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: